30.6.04



Alegria...





Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

(2o. Coríntios, 9:7)



29.6.04



Santo Espírito...






Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo


(Tito, 3:5)

28.6.04



Vestes de Louvor...





A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do SENHOR, para que ele seja glorificado.


(Isaías 61:3)

27.6.04



Pescadores de Homens...







E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.

(Marcos 1:17)

26.6.04



Tudo Ele dará...






Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.

(João, 14:14)


25.6.04



O Pastor das Ovelhas...






Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas.

(João, 10:2)


24.6.04



Senhor, renova as nossas forças ...






Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

(Isaías 40:31)


23.6.04



O Bom Fruto...






Mas o fruto do Espírito é:
amor,
gozo,
paz,
longanimidade,
benignidade,
bondade,
fé,
mansidão,
temperança.

Contra estas coisas não há lei.

(Gálatas, 5:22,23)


22.6.04



Jugo Suave...






Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

(Mateus, 11:30)


21.6.04



Mais que Vencedores...




Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

Como está escrito: por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; somos reputados como ovelhas para o matadouro.

Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.


(Romanos, 8 : 35, 37)


20.6.04



Ressucitou...






Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição

(Romanos 6:5)


19.6.04



Os Olhos Sempre no Senhor...






E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário;
Mas, à quarta vigília da noite, dirigiu-se Jesus para eles, andando por cima do mar.

E os discípulos, vendo-o andando sobre o mar, assustaram-se, dizendo: É um fantasma. E gritaram com medo.

Jesus, porém, lhes falou logo, dizendo: Tende bom ânimo, sou eu, não temais.

E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas.

E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.

Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!

E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?


(Mateus 14 : 24, 31)


18.6.04



O Trono ...






E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono. E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação


(Apocalipse 5: 7, 9)


17.6.04



A Alegria do Senhor...





Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força.


(Neemias 8:10)


16.6.04



Ansiedade...





.
... lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

(I Pedro, 5:7)



E disse aos seus discípulos: 'Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis.

Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes.

Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?

E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?

Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.

E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?'


(Lucas, 12:22,28)

15.6.04



Lâmpada para meus pés...







Porque tu, SENHOR, és a minha lâmpada; e o SENHOR ilumina as minhas trevas.

(II Samuel, 22:29)

14.6.04



O Senhor é meu pastor, nada me faltará...






Ele me faz descansar em campinas verdejantes e me leva a águas tranqüilas. O eterno me dá novas forças e me guia no caminho certo, como ele mesmo prometeu. Ainda que eu caminhe por um vale escuro como a própria morte, não temerei.

Pois tu, o Deus, estás comigo. Tu me proteges e me diriges. Preparas um banquete para mim onde meus inimigos me possam ver. Sou teu convidado de honra e enches meu copo até a borda. Sei que a tua bondade e o teu perdão ficarão comigo enquanto eu viver. E todos os dias de minha vida, morarei na tua casa.

(Salmo 23)

12.6.04



Ah, o verdadeiro amor...





Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.


(I Coríntios, 13: 1,7)

:: aqui se fala de ... ::
















Ser Renascer




:: já se falou de ... ::
:: arquivou-se ::